Alexandrina e o mês de Maria

Iniciamos hoje o mês dedicado a Nossa Senhora. Todos os dias iremos acrescentando a esta página uma florinha com uma respetiva oração ou reflexão da Beata Alexandrina. Acompanhemos esta caminhada diária, neste mês solene dedicado à Mãe do Céu, à nossa Mãe Celeste.

“Desejosa de consolar a Mãezinha e por seu amor sofrer alguma coisa, pensei em escrever nuns pedacinhos de papel uns pensamentos todos os dias do mês de maio. Em cada dia tirava um à sorte e procurava viver segundo o que estava escrito. Isto só com o fim de consolar Jesus por meio da Mãezinha.” (Alexandrina)

Dia 1

«Querida Mãezinha:

Ao principiar o Teu mês bendito, venho pedir-Te a Tua bênção, o Teu amor, para eu poder amar o Teu e meu querido Jesus. Quero amá-Lo tanto, tanto, quero ser uma louquinha de amor, quero só viver e morrer de amor! Ajudai, minha querida Mãezinha, o Vosso Jesus a imolar e sacrificar esta que quer dar o sangue e a vida pelas almas e pelo Vosso Jesus. Dá-me, Mãezinha, a Tua pureza, a Tua humildade, a Tua obediência; dá-me as Tuas virtudes para que eu seja santa, para dar toda a glória ao Teu Jesus para quem só quero viver. Mãezinha, peço-Te esta esmolinha do Céu: quero que o mês de maio seja para mim o último que passo na Terra. Quero ir depressa gozar do Teu Jesus e da Tua doce companhia. Quero continuar junto de Ti a implorar perdão e misericórdia para o mundo Teu.

Tua filha a mais indigna, pobre Alexandrina.»

 

FLORINHAS DE MAIO DE 1935:

1 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo para obter um amor doido a Jesus Sacramentado e para que seja amado de todos no Santíssimo Sacramento.

Dia 2

«Transformai-me toda em amor:

«Ó Mãezinha, fazei-me humilde, obediente, pura, casta, na alma e no corpo. Fazei-me pura, fazei-me um anjo. Transformai-me toda em amor, consumi-me toda nas chamas do amor de Jesus. Ó Mãezinha, pedi perdão a Jesus por mim! Dizei-Lhe que é o filho pródigo que volta a casa do seu bom Pai, disposto a segui-Lo, a amá-Lo, a adorá-Lo, a obedecer-Lhe e a imitá-Lo. Dizei-Lhe que não quero mais ofendê-Lo. Ó Mãezinha, obtende-me uma dor tão grande dos meus pecados, que seja tal o meu arrependimento que eu fique pura, que eu fique um anjo! Pura como fiquei depois do meu Batismo, para que pela minha pureza mereça a compaixão do meu Jesus, de O receber sacramentalmente todos os dias e de possuí-Lo para sempre em mim até dar o último suspiro.»

2 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo pelas intenções do meu padrinho e família.

Flor Martírio

 

Dia 3

3 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo pelos pecadores que me estão muito recomendados.

« Dia grande no Céu e ficará a ser grande na terra, porque ficará a ser de guarda. A minha Mãe SS. é a chave de ouro onde ficará fechado o mundo. Sua Santidade consagrá-lo-á todo a Ela em Roma e passará ordem para todos os párocos para no mesmo dia nas suas igrejas com os seus fiéis fazerem a consagração por Ele preparada.

Quero que a minha Mãe bendita seja aclamada Rainha da vitória, mensageira da paz. Aqui estão expostos os desejos do meu Divino Coração! Fui acariciada por Jesus e pela querida Mãezinha. Fiquei com tanta coragem que apesar de ser um dia de tanto sofrimento nada temia.» (C.P.M.; 08/12/1939)

Imaculado Coração de                  Maria

Dia 4

4 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo por todos os pecadores do mundo.

 Mãe de Jesus e Mãe minha

«Mãe de Jesus e Mãe minha, ouvi a minha oração: eu Vos consagro o meu corpo e todo o meu coração. Purificai-mo, Mãe Santíssima. Enchei-mo do Vosso amor. Colocai-o mesmo Vós junto a Jesus nos Sacrários, para Lhe servir de lâmpada enquanto o mundo durar.

Aceitai, ó Mãe do Céu, as flores que colhi durante este mês bendito; reverdecei-as e perfumai-as. Entregai-as a Jesus por mim. Abençoai-me, santificai-me, ó minha querida Mãezinha do Céu.» (Autobiografia)

Nossa Senhora do                      Rosário

Dia 5

5 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo para obter um amor doido a Maria Santíssima.

Todos os anos, no mês de maio, fazia o mês da Mãezinha. Gostava muito de o fazer sozinha: meditava, cantava, rezava e chorava algumas vezes, ao mesmo tempo que pedia à Mãe do Céu que me libertasse da grande tribulação que estava a passar. Cantava o “Tantum ergo” como se estivesse na igreja e fosse receber a bênção de Nosso Senhor. Como não tinha o Santíssimo Sacramento em casa, nem nenhum sacerdote que me viesse dar a bênção, pedia a Nosso Senhor que ma desse do Céu e de todos os Sacrários. Oh! Que momentos tão felizes!… Sentia cair sobre mim todas as bênçãos e amor de Nosso Senhor! Nestes momentos, pedia a Jesus para abençoar toda a minha família e todas aqueles que me eram queridos. (Autobiografia)

“Rezai o Terço”

 

Dia 6

6 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo pelos Sacerdotes.

 

«Mãezinha, Mãezinha não cesses de pedir a Jesus! Ele está triste é ofendido. Mãe, Mãeinha, pede-Lhe para perdoar!

Mãe, Mãezinha, pede-Lhe para esquecer!

Mãe, Mãezinha, pede a Jesus para nos dar paz. Diz-Lhe para não resistir mais.

Pede-Lhe para se compadecer de nós, que é Pai.

Mãe, Mãezinha, não quero que os pecadores vão para o inferno.

Tomas as m inhas dores Mãezinha!

Eu tas ofereço para que as guardes debaixo do Teu manto, tosos os filhos Teus.

Mãezinha alcança para todos a graça, o amor e o perdão de Jesus»

(S.A.; 24/10/1941)

Nossa Senhora

(Imagem retirada da internet)
 

Dia 7

7 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei pelas intenções que me estão mais recomendadas.

Tive uns momentozinhos que deixastes cair sobre mim a Vossa Divina graça e uns raiozinhos do Vosso amor aqueceram o meu coração. Quando descansei na Mãezinha Ela unia aos meus os seus lábios santíssimos demorando-se assim todo o tempo do meu descanso. Isto não são consolações, meu Jesus, bem sabeis que tudo isso desapareceu para mim, são os auxílios que me dais, sem os quais era impossível a minha crucifixão. Fui para o calvário, a cada passo sentia-me a cair por terra, a perder a vida. (S.A.; 27/2/1942)

Túmulo da Beata Alexandrina

 

Dia 8

8 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei pelo meu Diretor Espiritual.

Ó minha querida Mãezinha do Céu, alcançai-me do Vosso e meu Jesus a paz para a minha alma se assim for da Sua Santíssima Vontade, e se não for, ao menos não consintais que o demónio me vença. Ó minha Mãe do Céu, vede a minha miséria, mas não a desprezeis; compadecei-vos dela, rogai a Jesus por mim. Eu bem não queria pensar no passado para não desobedecer a V.ª Rev.cia, mas sou tão fraca! (C.P.M.; 25/06/1935)

 

Padre Mariano Pinho

Padre Mariano Pinho

Dia 9

9 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo para obter o amor dos anjos, dos querubins e dos serafins.

«Ontem tive a consolação de receber o meu querido Jesus. Eu tinha o costume de pedir a Nossa Senhora para mandar uma multidão de anjos, querubins e serafins acompanhar o meu Jesus do sacrário até junto de mim e vir Ela com outra multidão para preparar o trono da minha alma para eu receber a Jesus e no fim dar-lhe graças por mim. Desta vez assim foi. Depois que recebi a Nosso Senhor, que paz eu sentia! Estava de olhos postos e principiei a ver diante de mim tantas, tantas cabecinhas, umas mais acima, outras mais abaixo, formando um grande arco.» (C.P.M.; 07/02/1935)

Dia 10

 10 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei sem me queixar.

«Mãezinha, vinde comigo para os Sacrários, para todos os Sacrários do mundo, para toda a parte o lugar onde Jesus habita sacramentado. Fazei-Lhe a minha humilde oferta. Oh! Como Jesus ficará contente com a oferta mais pobrezinha, mais miserável, mais indigna!… Mas oferecida por Vós, como terá valor junto do Vosso e meu querido Jesus!… Ó Mãezinha, eu quero andar de Sacrário em Sacrário a pedir favores a Jesus, como a abelhinha de flor em flor, a chupar-lhe o néctar! Ó Mãezinha, eu quero formar um rochedo de amor em cada lugar onde Jesus habita sacramentado, para que não haja nada que possa intrometer-se entre o amor para ir ferir o Seu Santíssimo Coração, renovar as Suas Santíssimas Chagas e toda a Sua Santa Paixão. Mãezinha, falai no meu coração e nos meus lábios, fazei mais fervorosas as minhas orações e mais valiosos os meus pedidos.» (Autobiografia)

 

 

Dia 11

11 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo pelo que for da vontade de Nosso Senhor.

«“Ó meu Jesus, meu Amado,
No altar sacramentado,
Por meu amor encerrado
Nesse Sacrário de amor.
Quisera estar contigo, ó Jesus,
Dia e noite e a toda a hora,
Porém, agora não posso ir,
Bem o sabeis, ó meu bom Pai!
Estou presinha de pés e mãos;
Mais presa quisera estar,
Juntinha a Vós nesse Sacrário,
Não me ausentar nem um momento.
Ó Sacramento tão adorado
Do meu Jesus, do meu Amado,
Eu Vos saúdo aqui do leito,
Vinde morar neste meu peito!» (Autobiografia; 1934)

Dia 12

12 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo em memória da Paixão de Nosso Senhor.

«Dizei-Lhe que não quero mais ofendê-Lo. Ó Mãezinha, obtende-me uma dor tão grande dos meus pecados, que seja tal o meu arrependimento que eu fique pura, que eu fique um anjo! Pura como fiquei depois do meu Batismo, para que pela minha pureza mereça a compaixão do meu Jesus, de O receber sacramentalmente todos os dias e de possuí-Lo para sempre em mim até dar o último suspiro.»

Dia 13

13 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo pela minha mãezinha.

“Ó minha Mãezinha do Céu, eis aqui aos Vossos santíssimos pés uma alma que Vos deseja amar. Ó minha amável Senhora, eu quero um amor que seja capaz de tudo sofrer só por amor de Vós e por amor do meu querido Jesus! Sim, do meu Jesus que é o tudo da minha alma. Ele é a luz que me alumia, é o pão que me alimenta, é o meu caminho, só pelo qual eu quero seguir. Mas, minha soberana Rainha, sinto-me tão fraca para passar por tantas contrariedades da vida!… Que será de mim sem Vós e sem o meu querido Jesus? Ó minha Mãezinha do Céu, lá do trono em que estais, vede este meu triste viver. Vinde em meu auxílio. Abençoai-me e pedi a Jesus por mim, Vossa indigna filha.” (Autobiografia)

Dia 14

Florinha dia 14 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, mortificarei o meu corpo. (Beata Alexandrina)

«É com esse sofrimento do corpo e da alma que lhes quebras as cadeias do pecado, tão grossas, tão sujas. Há tão pouco quem lhas queira quebrar! Quem se compadeça deles! Há tão pouco quem tenha dor de Mim, trazendo-me os meus filhinhos que me tinham fugido! E Eu comprei-os pelo mais alto preço! Minha filha, a tua missão na terra vai acabar dentro em pouco, mas continuará no Céu enquanto o mundo durar. Serás missionária com o teu Pai espiritual, salvar-me-ás com ele muitas almas, e serás também com todos os meus discípulos que te chamarem em seu auxílio para os ajudarem na salvação das almas. Vê-las-ás entrar no Céu e romper em hinos de agradecimento e louvor por Eu te ter criado e escolhido para os salvares. Minha filha, Eu estou sempre contigo.» (C.P.M.; 07/11/1937)

Dia 15

15 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei só para viver para Jesus e para Maria.

«A Nossa Senhora, em 1934:
“Ó minha Mãezinha do Céu, eu tenho tanta, tanta confiança em Vós, que não sei explicar-Vos o amor que Vos tenho.
Ó minha Mãe, é muito, mas queria muito mais, muito mais; só Vós me podeis alcançar essa graça e também o amor ao Vosso e meu querido Jesus. Ai, aumentai-mo muito, muito! Abrasai-me em chamas de puro amor! Sim, sim, minha boa Mãezinha!?”» (Autobiografia)

Dia 16

16 – Por amor de Maria Santíssima e de Jesus Sacramentado, sofrerei tudo pelo Santo Padre e pelas necessidades da Santa Igreja.

X